Domingo, 27 Novembro, 2022

10 belíssimas suculentas azuis para alegrar a sua casa

Data:

Partilhar:

As suculentas azuis são perfeitas para dar um toque de cor a qualquer divisão da sua casa. Ficam encantadoras quando emparelhadas com decoração branca ou de tonalidade neutra. Mas também podem fazer sucesso em qualquer jardim, desde que devidamente cuidadas.

A verdade é que as suculentas azuis são muito raras, mas existem mesmo. Existem algumas que adquirem esta tonalidade de forma intensa e vibrante e outras que apenas apresentam ligeiros tons azulados. Mas todas elas são lindíssimas, cada uma à sua maneira.

Se está à procura de uma forma original de decorar a sua casa de forma original e proporcionando-lhe um toque extra de cor, então as suculentas azuis são perfeitas para si. Conheça algumas das mais bonitas.

1. Echeveria “Perle Von Nurnberg”

Echeveria "Perle Von Nurnberg"
Echeveria “Perle Von Nurnberg”

Echeveria ‘Perle Von Nurnberg’ é uma bela suculenta azul do México. O seu nome deriva da sua coloração única, que varia do azul claro ao cinzento prateado. As folhas são carnudas e ligeiramente curvas, dando à planta um aspecto suave e florido. É relativamente fácil de cuidar e pode ser propagada a partir de estacas de folhas.

Prefere luz brilhante mas pode tolerar alguma sombra e só deve ser regada quando o solo está seco. Com o devido cuidado, Echeveria ‘Perle Von Nurnberg’ irá prosperar dentro ou fora de casa, tornando-a uma no centro das atenções de qualquer jardim.

2. Echeveria “Príncipe Azul”

Echeveria "Príncipe Azul"
Echeveria “Príncipe Azul”

Também nativa do México, é membro da família Echeveria, que é conhecida pela sua folhagem em forma de roseta. O nome ‘Príncipe Azul’ vem das suas folhas azul-esverdeadas, que têm um revestimento pulverulento que lhes confere um brilho prateado.

Esta planta é tolerante à seca e não necessita de muitos cuidados. Pode ser colocada sob luz solar direta ou com sombra parcial e não necessita de ser regada frequentemente. É perfeita para decorar varandas, por exemplo.

3. Senecio Mandraliscae

Senecio Mandraliscae
Senecio Mandraliscae

A Senecio Mandraliscae, também conhecida como “pauzinhos de giz azul”, é um bela suculenta com origem na África do Sul. O seu nome é inspirado na cor azul-verde das suas folhas (que se assemelham a pedaços de giz). É uma planta de baixo crescimento que atinge tipicamente apenas cerca de 30 centímetros de altura.

É tolerante à seca e requer muito pouca manutenção. Também pode ser cultivada em vasos, tornando-a na escolha perfeita para quem não tem um jardim.

4. Echeveria “Blue Bird”

Echeveria "Blue Bird"
Echeveria “Blue Bird”

As suas folhas são carnudas e têm uma forma de roseta, com cada uma delas a crescer até 8 centímetros de comprimento. As flores são pequenas e amarelas e florescem tipicamente na primavera.

A Echeveria ‘Blue Bird’ é uma planta de relativamente baixa manutenção e é perfeita para jardins que recebem exposição parcial ao sol. Embora esta planta seja tolerante à seca, é essencial regá-la regularmente durante o Verão para evitar que as folhas queimem.

5. Kalanchoe fedtschenkoi

Kalanchoe fedtschenkoi
Kalanchoe fedtschenkoi

A Kalanchoe fedtschenkoi é um bela suculenta azul que é nativa de Madagáscar. Está intimamente relacionado com a Kalanchoe thyrsiflora, e as duas plantas são frequentemente confundidas uma com a outra. Pode atingir até dois metros de altura e as suas folhas são cobertas com um revestimento branco que se assemelha a pó.

A planta produz flores pequenas e amarelas que florescem na primavera. É uma planta relativamente fácil de cuidar, e é tolerante tanto à seca como ao calor. No entanto, requer um solo bem drenado para prosperar.

6. Sedum reflexum

Sedum reflexum
Sedum reflexum

A Sedum reflexum é uma planta suculenta nativa da Europa. As folhas são elípticas e têm uma tonalidade azul-esverdeada. As flores são pequenas e amarelas e florescem de Junho a Agosto.

É relativamente fácil de cuidar e pode ser propagada a partir de estacas de caule. Prefere luz solar direta mas pode tolerar sombra parcial e deve ser regada com moderação.

7. Mangave “Fada dos Dentes”

Mangave "fada dos dentes"
Mangave “fada dos dentes”

A Mangave “Fada dos Dentes” recebe o seu nome das projecções em forma de dente nas suas folhas. É uma planta de crescimento lento que pode atingir até dois metros de altura. Prefere luz solar direta ou sombra parcial e solo bem drenado.

É tolerante à seca e não necessita de muita água para sobreviver. É também resistente a pragas e doenças. Trata-se de uma excelente escolha para quem procura uma planta de baixa manutenção.

8. Pilosocereus azureus

Pilosocereus azureus
Pilosocereus azureus

Pilosocereus azureus, mais vulgarmente conhecido como o “cacto maçarico azul”, é uma espécie nativa da América do Sul. Pode crescer até aos 3 metros e tem uma forma esguia e cilíndrica. A sua característica mais distintiva é a cor azul vibrante, que é causada por um pigmento chamado antocianina.

É relativamente fácil de cuidar e pode ser cultivado em vários solos. No entanto, requer luz solar direta e rega regular durante a época de crescimento.

9. Echeveria “Ondas Azuis”

Echeveria "Ondas Azuis"
Echeveria “Ondas Azuis”

Trata-se de uma belíssima suculenta cujo nome se inspira nas suas folhas azul-esverdeadas. A planta é nativa do México e pode crescer até 30 centímetros de altura.

Prefere um solo bem drenado, arenoso e um local com luz solar direta. No entanto, também pode tolerar sombra parcial e alguma falta de água. Esta suculenta é de baixa manutenção e não requer fertilizante.

10. Pachyveria clavifolia

Pachyveria clavifolia
Pachyveria clavifolia

A Pachyveria clavifolia distingue-se pelas suas folhas azul-esverdeadas, que se agrupam em rosetas. As folhas são ligeiramente peludas ao toque, e têm um revestimento em pó que ajuda a proteger a planta da luz solar intensa.

Cresce melhor em luz brilhante e indireta e prefere um solo bem drenado. Esta suculenta é relativamente fácil de cuidar e por isso é ideal para quem não tem muita experiência com plantas.

Joana Sevivas
Joana Sevivas
O curso de jornalismo nunca apagou a paixão pela jardinagem e pela decoração. Escreve sobre plantas de todas as cores e feitios possíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Artigos relacionados

10 dos melhores locais para visitar no Douro

O Douro é, sem dúvida, um dos locais mais especiais e bonitos de Portugal. O rio criou o...

8 belíssimos locais perto de Lisboa para visitar em família

É o dilema mais comum em quase todas as famílias lisboetas, especialmente durante os fins de semana ou...

6 das aldeias mais típicas para visitar no Alentejo

Terra de planícies onduladas, com casas caiadas de branco espalhadas por pequenos montes, o Alentejo é uma das...

Os 8 castelos mais imponentes de Portugal

Existem centenas de castelos em Portugal. Construídos como meio de defesa das fronteiras dos ataques espanhóis, hoje os...