Quinta-feira, 2 Fevereiro, 2023

As 10 vilas e cidades mais bonitas do Centro de Portugal

Data:

Partilhar:

O Centro de Portugal é todo um país dentro do nosso país, devido à sua extraordinária diversidade, podendo-nos deparar com aldeias tradicionais, praias selvagens, neve, e uma paisagem extraordinária e imperdível. Esta incrível diversidade é, sem dúvida, um dos grandes motivos para visitar esta região. Também as suas vilas e cidades são motivos para uma visita.

Para além de toda a diversidade paisagística e cultural, o Centro de Portugal é também rico em património arquitectónico. Isto faz com que muitas das suas cidades ou vilas estejam repletam de monumentos grandiosos que nos deslumbram e que nos ensinam um pouco mais sobre a história desta região.

A sua enorme riqueza tornam-na numa região muito apelativa para se passar férias ou até mesmo para uma escapadinha. E se são esses os seus planos, nada como inspirar-se um pouco com a nossa lista. Descubra algumas das mais bonitas vilas e cidades do centro de Portugal.

1. Coimbra

Coimbra
Coimbra

Falar de Coimbra é falar de fado, de estudantes, de bairros históricos e da tradição. Esta cidade foi capital do nosso país até 1255, tendo deixado raízes profundas na nossa história. Não pode deixar de conhecer a Universidade de Coimbra e de caminhar pelo Jardim Botânico, que tem cerca de 13,5 hectares de pura natureza a descobrir.

2. Tomar

Tomar
Tomar

É a chamada “cidade dos Templários”, estando a sua história ligada à desta Ordem no nosso país. Aqui se encontram monumentos únicos como o Castelo dos Templários, um edifício militar do século XII que é Património Mundial da Unesco. Não pode deixar de conhecer o Convento de Cristo, verdadeira amálgama de diversos estilos arquitetónicos, com destaque para o renascentista, gótico e românico.

3. Óbidos

Óbidos
Óbidos

Óbidos figura entre as mais bonitas vilas medievais de Portugal. Caminhar pelas suas ruas estreitas e coloridas é um autêntico regresso ao passado. Não é difícil imaginar como seria o dia-a-dia de quem aqui viveu há alguns séculos porque quase tudo continua igual.

A melhor forma de descobrir Óbidos é caminhar pelas suas ruas e descobrir cada beco e ruela. Cada virar da esquina é uma autêntica surpresa. As flores estão presentes em todo o lado, as cores garridas típicas da região saloia dão vida às casas e as portas e janelas escondem pequenos detalhes que vale a pena serem contemplados com atenção.

4. Dornes

Dornes
Dornes

A bonita vila de Dornes está situada numa península, rodeada pelas águas do Zêzere, e é uma das vilas mais bem preservadas de Portugal, estando repleta de cultura e de tradições religiosas que ainda hoje fazem parte do dia-a-dia de quem aqui vive. Basta pensar num dos casos mais marcantes, o dos Círios, com origem medieval e cujas romarias trazem diversos curiosos a Dornes.

E claro, não podíamos deixar de referir a paisagem, já que a vila está emoldurada por um conjunto paisagístico único, entre rio e serras, e que nos convida à reflexão e a passarmos o nosso tempo em contemplação e relaxamento, como se tudo aqui se movesse a um ritmo diferente. Um local ótimo para famílias e grupos de amigos, poderá fazer ainda passeios de barco ou a pé, tomar banhos no rio e fazer diversas atividades aquáticas.

5. Trancoso

Trancoso
Trancoso

Foi em tempos uma parte importante da linha de defesa contra Espanha, e essa importância ainda hoje pode ser apreciada em todo o seu esplendor. Em pleno coração da Beira Alta, não deixe de visitar o castelo medieval (e respetivas muralhas), a igreja da Misericórdia (projetada no reinado de D. Manuel I), o Palácio Ducal e a Fonte Nova (o maior vestígio da ocupação Filipina).

6. Almeida

Almeida
Almeida

Não existe nenhuma outra povoação como Almeida em todo o território português. Localizada muito perto da fronteira com Espanha, esta vila, inserida na lista das Aldeias Históricas de Portugal, está totalmente rodeada por muralhas em forma de estrela, o que atesta bem a necessidade de proteger esta região

As muralhas são mesmo a sua principal atração, mas há mais para descobrir. E a melhor forma de o fazer é caminhar pelas suas ruas e explorar cada beco ou ruela. Deslumbre-se com as casas brasonadas, as flores nas janelas, as lojas tradicionais… e entre em qualquer igreja ou museu que encontrar porque vale sempre a pena.

7. Covilhã

Covilhã
Covilhã

Falando do Centro de Portugal, não podemos deixar de referir a Serra da Estrela e, claro, a Covilhã, um dos melhores locais de onde pode partir à descoberta da Serra. Aqui encontra 9 rotas para ficar a conhecer a cidade mais a fundo, como os roteiros das judiarias e da lã. Visite também a Igreja de Santa Maria e maravilhe-se com os seus azulejos azuis e brancos.

8. Nazaré

Nazaré
Nazaré

Esta cidade piscatória é simplesmente encantadora e rica em tradições marítimas, desde os barcos com a estrutura original à tradição de colocar sardinhas e cavalas e a secar ao sol, passando pelas sete saias das mulheres. Por aqui não faltam bonitas praias, igrejas e, claro, ondas gigantes, que fizeram com que Portugal entrasse no Guinness com a maior onda surfada do mundo.

9. Ericeira

Ericeira
Ericeira

A cerca de 30 quilómetros de Lisboa, no concelho de Mafra, encontra esta vila junto ao mar, que é, desde 2011, a única Reserva Mundial de Surf da Europa, e a segunda no mundo. Se não é adepto de surf, há muito mais para descobrir na Ericeira, entre tradições, património, história e gastronomia, nesta belíssima terra de pescadores.

10. Leiria

Leiria
Leiria

Encontra-se bem no centro de Portugal, e conta com um vasto património. Procure conhecer o castelo, a Igreja de São Pedro (do século XII), as ruas do centro histórico e a Rota d’O Crime do Padre Amaro, com ilustrações de Sílvia Patrício, com diversas obras em memória de Eça de Queiroz. Não deixe também de passear pelas margens do rio Lis.

Diana Santos
Diana Santos
Nascida e criada em Barcelos, foi no Porto que estudou jornalismo mas chama casa à cidade de Guimarães. Alia o gosto pela escrita à sua paixão por viagens.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Artigos relacionados

Tarte de abóbora com laranja: impossível comer apenas uma fatia

A tarte de abóbora com laranja sabe a um dia frio e chuvoso de Outono e a um...

Tarte de laranja e leite condensado: uma sobremesa que derrete na boca

A tarte de laranja e leite condensado é uma daquelas sobremesas que não deixa ninguém indiferente. O ligeiro...

Tigelada de Castelo Branco: um doce conventual que derrete na boca

Existem muitas receitas de tigelada um pouco por todo o país, com especial concentração na Beira Baixa, mas...

Termas Rádium: do milagre ao abandono no Centro de Portugal

Edifícios abandonados há muitos, mas poucos serão tão especiais e com uma história tão curiosa como as Termas...