Segunda-feira, 23 Janeiro, 2023

Os 7 melhores locais para fazer turismo rural no Algarve

Data:

Partilhar:

Quem disse que no Algarve apenas existiam praias? Aqui, perto do mar ou em plena serra algarvia, é possível encontrar vários locais que possuem todas as condições para fazer turismo rural. São casas de campo tipicamente algarvias inseridas em aldeias típicas que conseguiram resistir ao turismo de massas.

E a verdade é que, à medida que o Algarve atraía cada vez mais turistas, também aumentou o número daqueles que procuram o mais típico e genuíno que esta região tem para oferecer. O melhor de tudo? Não tem que renunciar às praias pois muitos destes locais localizam-se a apenas alguns minutos do mar.

Se a sua ideia de férias passa por não abdicar da paz e do sossego e aliar isso a um pouco de cultura e atividades na natureza, então descubra alguns dos melhores locais para fazer turismo rural no Algarve.

1. Pedralva

Pedralva
Pedralva

A história da aldeia de Pedralva, no Algarve, é uma história especial. É um dos melhores exemplos, a nível nacional, de como o amor pela terra e pelas tradições podem recuperar aldeias que se julgavam perdidas e abandonadas para sempre. Pedralva renasceu das cinzas e hoje tem vida novamente, contra todas as expectativas.

De aldeia em ruínas, Pedralva passou a ser uma das mais típicas e bonitas do Algarve. Tudo foi recuperado segundo os mais pequenos detalhes e respeitando a traça original de uma típica aldeia algarvia. As casas foram pintadas de branco, com portas e janelas coloridas; as ruas foram calcetadas e o saneamento chegou finalmente.

2. Querença

Querença
Querença

Já quase não existem locais assim no Algarve. Mas a pequena aldeia de Querença parece querer resistir, com todas as suas energias, contra o turismo de massas que caracteriza a região sul do país. Alheia a todo o corropio que acontece sempre que chega o Verão, esta típica aldeia algarvia conserva ainda um ambiente pacato e tradicional.

E um passeio pela aldeia irá fazer com que perceba a íntima relação de Querença com a água. Essa relação é ainda mais intensa quando se visita a Paisagem Protegida da Fonte da Benémola, localizada bem perto da aldeia. Trata-se de um local onde a água corre durante todo o ano, ao contrário da maioria dos outros locais do Algarve.

3. Alte

Alte
Alte

Alte é uma encantadora aldeia algarvia pertencente ao concelho de Loulé. Um pouco longe do mar e de todo o caos urbanístico do litoral, conserva ainda as açoteias (chaminés tradicionais) e as ruas pavimentadas em calçada portuguesa.

Depois, experimente caminhar pelas ruas da aldeia e descubra o lado mais típico e tradicional de um Algarve quase desconhecido pela grande maioria dos turistas de Verão. Não vá embora sem provar a gastronomia local, especialmente os pratos de peixe e marisco.

4. Bordeira

Bordeira
Bordeira

A aldeia de Bordeira, em Aljezur, nasceu no século XV por ordem do Bispo de Silves, que aqui mandou construir uma igreja. Com a igreja vieram as pessoas, atraídas pela terra fértil da região e pelo mar da deslumbrante Costa Vicentina.

É mais famosa pela sua praia, a praia da Bordeira, considerada uma das mais bonitas de Portugal e ainda não tão concorrida como as restantes praias do Algarve Mas basta uma caminhada pelos becos e ruelas da aldeia para perceber que Bordeira é muito mais do que uma praia.

5. Aljezur

Aljezur
Aljezur

O casario ao longo da encosta, as ruas íngremes, as casas pintadas de branco com listas azuis, as flores nas janelas e nas portas. E lá em cima, um castelo, testemunha do passado atribulado desta pequena vila da Costa Vicentina.

Aljezur é uma doce mistura entre Natureza e praias de elevada qualidade. As praias são, aliás, o maior motivo de atração da região. Mas há muito mais para descobrir em Aljezur: para além do castelo, destacam-se as suas igrejas e vários museus.

6. Alcoutim

Alcoutim
Alcoutim

Nas margens do Guadiana, Alcoutim é conhecida sobretudo pela sua vista para o lado espanhol. Mas seria injusto que esse pormenor fosse o único motivo para visitar esta vila algarvia. Afinal de contas, Alcoutim ainda preserva muita da arquitetura típica desta região e por isso tem um encanto especial.

Destaque para o seu casario branco, mas os becos e ruelas cheios de segredos e para as flores que embelezam as janelas. Percorrer as artérias de Alcoutim é viajar no tempo. Aliás, a vila possui também alguns vestígios da ocupação romana e até várias casas medievais, como a Casa dos Condes, por exemplo.

7. Estoi

Estoi
Estoi

Localiza-se no concelho de Faro e tem menos de 4 mil habitantes, mas possui uma riqueza histórica e arquitetónica difíceis de igualar para uma localidade tão pequena. Em Estoi, sobressai o seu palácio, hoje transformado em pousada, e as ruínas romanas de Milreu, uma das mais importantes de Portugal.

Apesar de estar situada perto de grandes centros urbanos, da autoestrada e das praias, a pequena Estoi conseguiu manter a sua autenticidade algarvia. As casas típicas caiadas de branco e com janelas decoradas dão um ar pitoresco à vila e as suas ruas estreitas e sinuosas convidam a um passeio.

Diana Santos
Diana Santos
Nascida e criada em Barcelos, foi no Porto que estudou jornalismo mas chama casa à cidade de Guimarães. Alia o gosto pela escrita à sua paixão por viagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Artigos relacionados

5 aldeias típicas para descobrir em Trás-os-Montes

Bem no extremo nordeste de Portugal, Trás-os-Montes é aquilo que o seu próprio nome nome indica: uma terra...

8 das aldeias mais bonitas do Minho

As aldeias do Minho são algumas das mais genuínas de Portugal. Apesar de todo o progresso dos últimos...

8 locais para apreciar o melhor da Natureza no Alentejo

O Alentejo é rico em destinos de natureza, em que praias, cascatas, rios e montes ondulados moldam a...

10 dos locais mais bonitos do Gerês

O Gerês é um local especial, sem dúvida. E apesar de ser popularmente conhecido por este nome, o...