Domingo, 20 Novembro, 2022

7 dos locais mais paradisíacos do Alentejo

Data:

Partilhar:

O Alentejo é uma região que nunca deixa de surpreender quem a visita. E quando se pensa que já se conhece tudo, eis que somos presenteados com locais paradisíacos, alguns deles quase secretos e conhecidos apenas pelos moradores locais. O Alentejo é capaz de nos causar epifanias a qualquer instante.

Existem castelos, quase secretos e abandonados, seja no interior ou ao longo da raia, na fronteira com Espanha. Há cascatas quase desconhecidas para descobrir e passadiços que nos levam até sítios que até há pouco tempo eram quase inacessíveis.

A melhor forma de descobrir estes locais secretos no Alentejo é sair das estradas principais e aventurar-se pelas secundárias, menos frequentadas mas repletas de tesouros. Conheça 7 locais paradisíacos para descobrir no Alentejo.

1. Parque de Natureza de Noudar

Parque de Natureza de Noudar
Parque de Natureza de Noudar

O Parque de Natureza de Noudar é um dos recantos mais secretos do Alentejo. Localiza-se na Herdade da Coitadinha, encaixado entre o rio Ardila e a ribeira de Múrtega, no concelho de Barrancos. Para além de todo o seu encanto natural, o lince ibérico é a sua grande estrela e aqui se tem promovido a sua reprodução e reintrodução no habitat.

O parque é dominado pelo seu castelo, o Castelo de Noudar, acabado de construir em 1307, a mando de D. Dinis. Não foi por acaso que se escolheu este local para construí-lo: fica bem perto de Espanha, no alto de um monte, e daqui se avista grande parte da região fronteiriça.

2. Estrada Nacional 246-1

Estrada Nacional 246-1
Estrada Nacional 246-1

Há cada vez menos locais assim, infelizmente. E, mesmo este, esteve e está em risco de desaparecer. Falamos daquela que é, seguramente, uma das estradas mais bonitas de Portugal: a N246-1. Tem apenas alguns quilómetros de extensão mas consegue deslumbrar qualquer visitante com a sua beleza.

Esta estrada fica no Alentejo e liga as localidades de Portagem e Marvão. Está completamente rodeada por freixos, que era uma prática comum há umas décadas atrás e que foi desaparecendo. Descuido, mau gosto ou simplesmente preguiça. Não se sabe ao certo. O que se sabe é que, antigamente, existiam muitas estradas assim um pouco por todo o país.

3. Cascata do Pulo do Lobo

Cascata do Pulo do Lobo
Cascata do Pulo do Lobo

É a maior cascata do sul de Portugal, com 15 metros de altura, e um lugar a não perder quando estiver de passagem por Mértola, no Alentejo. Fica no Parque Natural do Vale do Guadiana, uma área florestal protegida que abrange os concelhos de Mértola e Serpa, próxima da fronteira espanhola.

Existe um trilho circular, com cerca de 6 km, que é a melhor sugestão para ir até ao Pulo do Lobo, ao mesmo tempo que aprecia a calma e sossego do Alentejo. É considerado de dificuldade média, pelo que é ideal se já tem experiência ou gosto por este tipo de percurso.

4. Cais Palafítico da Carrasqueira

Cais Palafítico da Carrasqueira
Cais Palafítico da Carrasqueira

Já ouviu falar do Cais Palafítico da Carrasqueira? Esta obra-prima arquitetónica foi construída entre as décadas de 50 e 60 do século passado, recorrendo a estacas de madeira com uma aparência irregular e frágil. A forma engenhosa como foi construído deslumbra quem visita este local que fica bem perto da Comporta, no Alentejo.

Hoje, tem o objetivo de servir de embarcadouro aos vários barcos de pesca que por aqui param, bem como servir de percurso de caminhada aos diversos visitantes. Aliás, este é um dos locais mais visitados do concelho, já que é possível observar não só as embarcações, como diversas aves do estuário do Sado.

5. Pego das Pias

Pego das Pias
Pego das Pias

A norte da freguesia de S. Salvador, entre S. Luís e Odemira, encontrará este local de extrema beleza. Esta atração, isolada entre rochas, não tem intervenção humana, sendo cem por cento natural. O nome vem das cavidades circulares da rocha, provocadas por redemoinhos existentes na altura em que o nível das águas era superior ao atual. 

6. Passadiços do Alamal

Passadiços do Alamal
Passadiços do Alamal

É um Alentejo diferente aquele que podemos contemplar enquanto caminhamos pelos passadiços do Alamal. Um Alentejo à beira rio e com o Castelo de Belver bem imponente, lá no alto, a dominar a paisagem circundante.

O percurso tem início na Praia Fluvial do Alamal e termina na centenária Ponte de Belver. Pelo caminho, pode desfrutar de uma caminhada longe da confusão da cidade, seguindo sempre a margem do Tejo.

7. Cascata da Cabroeira

Cascata da Cabroeira
Cascata da Cabroeira

Também chamada “Cascata da Rabaça”, esta é uma das mais imponentes quedas de água da Serra de São Mamede e de todo o Alentejo. Mas dar com ela pode não ser tão fácil. Está localizada já quase na fronteira com Espanha perto de uma pequena aldeia chamada Rabaça (daí a razão do seu outro nome oficial).

Para lá chegar, deve seguir pela M1044 em direção à aldeia de Cabroeira de Baixo. Estacione o seu carro na berma da estrada, 2 quilómetros antes de chegar à aldeia. A partir daqui, são apenas 1000 metros a pé até um penhasco de onde avista a cascata e onde pode observar uma paisagem deslumbrante e pouco comum para o Alentejo.

Diana Santos
Diana Santos
Nascida e criada em Barcelos, foi no Porto que estudou jornalismo mas chama casa à cidade de Guimarães. Alia o gosto pela escrita à sua paixão por viagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Artigos relacionados

Como e quando plantar tulipas?

São um dos bolbos mais populares em jardins de todo o mundo, sendo muito valorizadas pelas suas cores...

Hortênsias: como e quando plantar? Como cuidar?

As hortênsias são uma planta com origem asiática que chegaram à Europa há séculos, tendo-se adaptado perfeitamente às...

10 dos melhores trilhos e percursos pedestres de Portugal

Portugal tem imensos percursos pedestres de grande qualidade, que atraem os amantes das caminhadas nacionais e até mesmo...

Tarte de maçã com canela e mel: impossível comer apenas uma fatia

Poucas sobremesas são tão consensuais como esta tarte de maçã com canela e mel. É uma sobremesa que...