Segunda-feira, 21 Novembro, 2022

7 dos locais mais paradisíacos da Serra da Estrela

Data:

Partilhar:

A Serra da Estrela esconde locais paradisíacos ainda pouco desvendados pelos turistas que aqui acorrem. A grande maioria chega à serra em busca de um pouco de neve sem imaginar que toda esta região é ainda muito mais bonita e interessante nas outras épocas do ano.

Hoje, esta região possui todas as condições para proporcionar aos seus visitantes uma experiência única, seja apenas em passeio ou também em estadias mais prolongadas. São dezenas de pequenas aldeias típicas e tradicionais mas também rotas e percursos pedestres, cascatas, lagoas e bosques encantados.

Por isso mesmo, se tiver a oportunidade de visitar esta região fora da época do Inverno, aproveite e passe aqui alguns dias em busca dos seus locais mais deslumbrantes. Descubra alguns dos locais mais paradisíacos da Serra da Estrela.

1. Covão da Ametade

Covão da Ametade
Covão da Ametade

Sendo um dos locais mais simbólicos da região, o Covão d’Ametade retrata uma depressão de origem glaciar e devido a toda a sua vegetação envolvente, esta é uma das zonas mais atrativas da Serra. Os amantes de natureza são os primeiros a apaixonarem-se, pois este é o sítio ideal para encontrar alguns momentos de paz, calma e tranquilidade no meio da natureza.

Apesar de estar localizado a quase 1500 metros de altitude, é possível visitar o Covão da Ametade em quase todas as épocas do ano, exceto em alguns dias no Inverno, depois das fortes nevadas que obriga ao corte das estradas. Também é possível chegar aqui através de alguns trilhos e percursos pedestres. A Rota do Glaciar e a Rota do Maciço Central são algumas das opções possíveis, embora sejam ambos de dificuldade elevada.

2. Covão dos Conchos

Covão dos Conchos
Covão dos Conchos

O Covão dos Conchos é um cenário único de filme. Trata-se de uma abertura circular com queda de água numa lagoa, na Serra. Apesar de parecer natural, foram as mãos do Homem que fizeram este encanto. Foi pensada e construída pelo Homem, tratando-se de um autêntico prodígio de engenharia.

Esta circunferência perfeita no meio do lago, apesar de parecer uma espécie de buraco negro, tem a função de transportar as águas para um local específico. O “funil” serve de entrada a um túnel, construído na década de 1950, e que conduz as águas da Ribeira da Nave até à Lagoa Comprida, situada muito mais abaixo.

3. Bosque das Faias

Bosque das Faias
Bosque das Faias

Trata-se de uma belíssima floresta, constituída essencialmente por faias, uma árvore da família dos carvalhos. Foram plantadas pelos serviços florestais de Manteigas há mais de 100 anos e ainda hoje continuam a deslumbrar quem as visita.

O seu encanto varia consoante a época do ano. Na Primavera e no Verão, predomina o verde. Mas é no Outono que este bosque ganha um encanto especial, quando as folhas das faias começam a ficar amarelas e vermelhas, caindo e pintando os caminhos que serpenteiam as árvores. Existe um percurso pedestre que pode fazer e que lhe permite descobrir o melhor desta floresta, a Rota das Faias.

4. Poço do Inferno

Poço do Inferno
Poço do Inferno

Situa-se na Ribeira de Leandres e é um ponto alto com 1100 metros. O Poço do Inferno é um dos ex-libris da Serra e é rodeado pela mãe-natureza que é a causa de toda aquela beleza paisagística.

A linha de água da cascata mantém contacto com o granito das rochas e, no Inverno, são várias as vezes que a água congela e isso cria (ainda mais) encantos a este paraíso natural com 10 metros de altura.

5. Cortes do Meio

Cortes do Meio
Cortes do Meio

A Serra da Estrela, a montanha mais alta de Portugal Continental, ainda consegue ser uma autêntica caixinha de surpresas. Apesar de o turismo ter aumentado nos últimos anos, ainda existem locais quase secretos para a maioria dos turistas. É o caso das cascatas e piscinas naturais de Cortes do Meio.

Cortes do Meio é uma pequena aldeia perto de Tortosendo, no concelho da Covilhã. É conhecida como a “capital das cascatas e piscinas naturais da Serra da Estrela”. E o apelido é totalmente merecido! Afinal de contas, são 14 as piscinas naturais que aqui pode encontrar, todas localizadas no leito da ribeira de Cortes.

6. Poço da Broca de Barriosa

Poço da Broca de Barriosa
Poço da Broca de Barriosa

Aqui se encontra uma cascata muito conhecida, mas a praia fluvial merece também uma visita. O conjunto está situado na Ribeira de Alvôco, na Aldeia de Barriosa, em Vide, Serra da Estrela.

O local é rico em biodiversidade, podendo encontrar aqui lontras, guarda-rios, garças e melros-peixeiros. O Poço da Broca situa-se no extremo sudoeste do Parque Natural da Serra da Estrela.

7. Vale Glaciar do Zêzere

Vale Glaciar do Zêzere
Vale Glaciar do Zêzere

Com 13 quilómetros de extensão, que vão desde a nascente do Zêzere até à vila de Manteigas, este é um dos vales glaciares mais longos da Europa. O seu aspeto peculiar, em forma de U, foi moldado por um antigo glaciar há quase 20 mil anos.

Hoje, o seu leito é percorrido por um pequeno curso de água que alimenta as pastagens verdejantes onde os animais se deleitam. Mesmo ao lado, pode optar por um passeio pela deslumbrante Rota das Faias.

Diana Santos
Diana Santos
Nascida e criada em Barcelos, foi no Porto que estudou jornalismo mas chama casa à cidade de Guimarães. Alia o gosto pela escrita à sua paixão por viagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Artigos relacionados

Como e quando plantar tulipas?

São um dos bolbos mais populares em jardins de todo o mundo, sendo muito valorizadas pelas suas cores...

Hortênsias: como e quando plantar? Como cuidar?

As hortênsias são uma planta com origem asiática que chegaram à Europa há séculos, tendo-se adaptado perfeitamente às...

10 dos melhores trilhos e percursos pedestres de Portugal

Portugal tem imensos percursos pedestres de grande qualidade, que atraem os amantes das caminhadas nacionais e até mesmo...

Tarte de maçã com canela e mel: impossível comer apenas uma fatia

Poucas sobremesas são tão consensuais como esta tarte de maçã com canela e mel. É uma sobremesa que...