Terça-feira, 17 Janeiro, 2023

Os 10 locais mais paradisíacos do Norte de Portugal

Data:

Partilhar:

O Norte de Portugal é rico em destinos de natureza, com praias, cascatas, rios e montanhas a moldar a paisagem formando locais paradisíacos que podem ser visitados por todos. Esta é também a região de Portugal que tem maior área de zonas protegidas ambientalmente.

O grande ícone é o Parque Nacional da Peneda Gerês, mas há outros locais a conhecer, como Montesinho, o Douro, Marão e Alvão, locais que, nos últimos anos, têm sido cada vez mais procurados e visitados. Todos eles possuem sítios quase secretos e conhecidos apenas pelos moradores locais.

Assim, se quer partir à aventura, deixamos-lhe alguns dos locais mais paradisíacos do Norte de Portugal. Escolha o seu preferido e parta à descoberta de um país que julgava não existir.

1. Cascatas do rio Poio

Rio Poio
Rio Poio

Na aldeia de Alvadia, atravessada pelo rio Poio, irá encontrar esta belíssima cascata. Alvadia era conhecida pelos seus moinhos e azenhas, ainda visíveis em locais de difícil acesso, ao longo do curso de água do Poio, um dos rios mais bonitos e selvagens do Norte do nosso país.

Quanto à cascata Cai d’Alto, que se encontra na freguesia de Cerva, em Ribeira de Pena, tem cerca de 60 metros, nascendo junto à povoação de Lamas. A água conflui numa lagoa, muito usada para a prática de desportos como a canoagem e canyoning.

2. Poço verde de Fafião

Poço Verde de Fafião
Poço Verde de Fafião

Há quem lhe chame Poço Verde do Gerês mas isso seria muito redutor. Afinal de contas, não faltam poços verdes em todo o parque. Este, em particular, localiza-se no Rio Fafião, perto da aldeia com o mesmo nome.

Ganhou fama nos últimos anos e começa a ter cada vez mais gente, mas se escolher o dia certo e tiver um pouco de sorte, talvez tenha o privilégio de o ter apenas para si.

3. Poço Negro do Soajo

Poço Negro do Soajo
Poço Negro do Soajo

É uma das mais famosas e bonitas lagoas do Gerês. Localizado bem perto do Soajo, o Poço Negro tem águas puras e cristalinas, embora um pouco frias. Tem uma profundidade de cerca de 5 metros, pelo que se aconselha algum cuidado (especialmente se não souber nadar).

Se tiver coragem, pode saltar para a lagoa de uma altura de quase 10 metros. Divirta-se! Mas, no final, deixe tudo limpo e leve o lixo consigo. E, acima de tudo, não faça nada que possa colocar em risco a sua própria segurança.

4. Cascata do Pincho

Cascata do Pincho
Cascata do Pincho

Está situada a cerca de vinte quilómetros de Viana do Castelo, na serra d’Arga, que é uma das áreas mais emblemáticas do Alto Minho, pelas suas paisagens emblemáticas e pelos seus valores naturais e património cultural.

Nos pontos mais altos, conseguirá encontrar locais de grande beleza e com uma enorme diversidade florística. Destacamos a cascata do Pincho devido à sua localização privilegiada e por ser uma das mais exuberantes quedas de água do rio Âncora.

5. Lagoa dos Druidas

Lagoa dos Druidas
Lagoa dos Druidas

Continuando no Gerês, temos a aldeia de Tibo, na freguesia de Gavieiras, local onde pode encontrar esta belíssima cascata. Para lá chegar, terá de seguir um dos trilhos mais bonitos do parque, o trilho da Mistura das Águas.

A lagoa em si é um pequeno recanto, no meio do paraíso, perfeito para se refrescar nos dias mais quentes, até porque as suas águas são cristalinas. Bem perto, pode encontrar as Fechas do Malho, outro local a não perder no Parque Nacional Peneda Gerês.

6. Miradouro da Fraga do Puio

Miradouro da Fraga do Puio
Miradouro da Fraga do Puio

É em Picote, freguesia do concelho de Miranda do Douro e coração do Mirandês, o idioma dos habitantes locais, que fica o deslumbrante Miradouro da Fraga do Puio.

Estamos em pleno Parque Natural do Douro Internacional e, portanto, não se observam vinhedos, mas sim as escarpas abruptas e agrestes de um rio ainda selvagem, que marca a fronteira entre Portugal e Espanha. Parte da estrutura do miradouro, renovado recentemente, é em vidro, o que torna a experiência ainda mais deslumbrante.

7. Miradouro do Ujo

Miradouro do Ujo
Miradouro do Ujo

É no concelho de Alijó, entre as aldeais de São Mamede de Ribatua e Safres, que se situa este que é um dos mais bonitos miradouros do Douro. A vista envolvente abarca não apenas as montanhas e os vinhedos desta região mas também o rio Tua.

Uma paisagem de cortar a respiração que mistura água, vinhas, montanhas e céu até onde a vista alcança. Foi inaugurado em 2019 e, desde então, tem feito sucesso constante nas redes sociais.

8. Cascatas da Lagoa da Mata da Albergaria

Lagoas da Mata da Albergaria
Lagoas da Mata da Albergaria

Estas são, certamente, uma das cascatas mais secretas e menos visitadas do Gerês. E, curiosamente, até se localizam bem perto de outras mais conhecidas: a cascata da Portela do Homem.

Para chegar aqui terá que fazer uma pequena caminhada pela Mata da Albergaria, um bosque quase mágico e repleto de árvores centenárias. Se o caminho é belo, o final é paradisíaco: uma sucessão de pequenas cascatas com lagoas de águas cristalinas e de tom esverdeado. De que está à espera?

9. Cascata da Portela do Homem

Cascata da Portela do Homem
Cascata da Portela do Homem

O nome oficial é Cascata de São Miguel, embora também seja conhecida por Cascata do Rio Homem. Mas quase todos lhe chamam Cascata da Portela do Homem. É uma das mais visitadas do Parque Nacional Peneda Gerês e o motivo é simples: o seu fácil acesso atrai muitos curiosos.

Em dias mais quentes, é possível refrescar-se nas águas da sua lagoa, límpidas e puras, e deslumbrar-se com a paisagem circundante. Afinal de contas, esta é uma das cascatas mais bonitas do Gerês.

10. Senhora do Salto

Senhora do Salto
Senhora do Salto

Pertence à Rota do Românico e refere-se ao curso do rio Sousa, segundo por duas arribas e formando um caminho estreito conhecido como o inferno. Falamos do parque da Senhora do Salto, local ideal para passar um dia em família muito agradável.

Para além dos atrativos geológicos e paisagísticos, o parque é também um local de eleição para quem gosta de desportos de montanha, e para quem adora uma boa lenda.

Diana Santos
Diana Santos
Nascida e criada em Barcelos, foi no Porto que estudou jornalismo mas chama casa à cidade de Guimarães. Alia o gosto pela escrita à sua paixão por viagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Artigos relacionados

Os 10 locais mais paradisíacos do Gerês

O Parque Nacional Peneda Gerês é o grande símbolo natural de Portugal. É aqui, no extremo norte do...

As 10 vilas e cidades mais bonitas do Centro de Portugal

O Centro de Portugal é todo um país dentro do nosso país, devido à sua extraordinária diversidade, podendo-nos...

Os 7 melhores locais para fazer turismo rural em Trás-os-Montes

Trás-os-Montes é sinónimo de descanso, aventura, natureza e tradição e ganha cada vez mais força como destino de...

7 locais quase desconhecidos para uma escapadinha no Centro de Portugal

O Centro de Portugal tem ainda muitos sítios quase secretos e que a maioria dos turistas não conhece....