Quinta-feira, 19 Janeiro, 2023

10 dos melhores locais para visitar no Douro

Data:

Partilhar:

O Douro é, sem dúvida, um dos locais mais especiais e bonitos de Portugal. O rio criou o vale e a população soube adaptar-se e dominá-lo consoante as suas necessidades, criando uma paisagem deslumbrante que é considerada Património Mundial pela UNESCO.

As vinhas são a sua imagem de marca e o vinho do Porto que aqui se produz é famoso em todo o mundo. Um cruzeiro pelo rio Douro é uma das melhores formas de conhecer a região, mas há muito mais para ver e para descobrir.

Recomenda-se também uma viagem de carro pela EN222, uma das mais bonitas estradas de Portugal e alguns desvios para conhecer as belíssimas aldeias vinhateiras do Douro. Descubra alguns dos locais mais bonitos do Douro.

1. Barcos

Barcos
Barcos

Localizada nas margens do rio Távora, concelho de Tabuaço, Barcos é uma das mais típicas aldeias vinhateiras. Quintas, solares e casas senhoriais avistam-se em toda a região. Em muitas delas é mesmo possível participar nas vindimas, entre Setembro e Outubro de cada ano.

Pode ainda descobrir um pouco das redondezas realizados 2 percursos pedestres que passam pela aldeia: “Socalcos do Douro” e “História e Natureza”. No final da caminhada, recupere as energias com a gastronomia típica da região: arroz de forno com enchidos, sopa de castanha e doçaria conventual. A não perder!

2. Pinhão

Pinhão
Pinhão

Esta vila da margem direita do Rio Douro é o centro da região demarcada do Vinho do Porto e um local onde estão localizadas várias quintas produtoras de vinho. A paisagem do Pinhão está classificada pela UNESCO como Património Cultural da Humanidade. A estação de caminhos de ferro é conhecida pelos seus 24 painéis de azulejos, que retratam as paisagens do Douro e aspetos das vindimas.

Estes azulejos em tons de azul são da autoria de J. Oliveira e foram encomendados em 1937 à fábrica Aleluia, situada em Aveiro. Procure visitar também as diferentes quintas de Vinho do Porto, para aprender mais sobre o processo de criação deste produto único, aproveitando para fazer uma degustação do vinho e gastronomia da região.

3. Miradouro da Fraga do Puio

Miradouro da Fraga do Puio
Miradouro da Fraga do Puio

É em Picote, freguesia do concelho de Miranda do Douro e coração do Mirandês, o idioma dos habitantes locais, que fica o deslumbrante Miradouro da Fraga do Puio. Estamos em pleno Parque Natural do Douro Internacional e, portanto, não se observam vinhedos.

O que domina aqui são as escarpas abruptas e agrestes de um rio ainda selvagem, que marca a fronteira entre Portugal e Espanha. Parte da estrutura do miradouro, renovado recentemente, é em vidro, o que torna a experiência ainda mais deslumbrante.

4. São Xisto

São Xisto
São Xisto

Como o próprio nome indica, aqui domina o xisto, em contraste com a margem oposto do rio Douro que daqui é possível avistar. Localizada em São João da Pesqueira, em pleno Douro vinhateiro, a aldeia de São Xisto é dominada por uma paisagem de cortar a respiração.

Mesmo ao lado, o cais fluvial do Douro e a estação de Ferradosa lembram-nos que daqui é possível partir à descoberta de toda a região. Afinal de contas, estamos em pleno Património Mundial da UNESCO e por isso não faltam locais para visitar nas redondezas.

5. Miradouro de São Leonardo da Galafura

Miradouro de São Leonardo da Galafura
Miradouro de São Leonardo da Galafura

É considerado um dos miradouros mais bonitos da zona do Douro, localizado na aldeia de Galafura a 566 metros de altitude. A partir do Miradouro de São Leonardo da Galafura pode ver a paisagem imortalizada por Miguel Torga, a quem num dos seus diários chamou de “excesso de natureza”. Para além da vista sobre o Douro, pode avistar as regiões de Armamar, Sabrosa, Tabuaço, Fontelo e Valença do Douro, entre outros.

6. Provesende

Provesende
Provesende

Em plena região demarcada do Douro, Provesende é uma aldeia vinhateira do concelho de Sabrosa. Com vistas para o rio Pinhão, são as vinhas que dominam a paisagem. Toda a vida da aldeia gira em torno da nobre arte de produzir um dos melhores vinhos do mundo, o vinho do Porto.

Para além de um passeio pelos vinhedos da região, em Provesende pode descobrir diversas casas senhoriais e brasonadas, o antigo pelourinho, uma fonte do século XVIII e uma igreja barroca. A melhor forma de descobrir a aldeia é mesmo caminhando pelas suas ruas e apreciando cada pequeno detalhe.

7. Trevões

Trevões
Trevões

Esta linda aldeia do Douro Vinhateiro pertence ao concelho de São João da Pesqueira. Aqui, a agricultura não se faz apenas a partir das vinhas: também se produz bom azeite e produtos hortícolas.. Nos últimos anos, a aldeia sofreu várias obras de restauro que a deixaram de cara lavada, mas o trabalho de reconstrução continua.

Tal como nas outras aldeias vinhateiras, dominam as quintas, as casas brasonadas e os solares. Em Trevões, impõe-se uma visita ao Solar dos Caiados, um dos mais imponentes da região. A casa do Adro e o Solar dos Melos também merecem uma visita, assim como o Museu de Arte Sacra, o Museu de Trevões, o Paço Episcopal e as várias igrejas e capelas da aldeia.

8. Folgosa

Folgosa
Folgosa

Esta encantadora freguesia está situada na margem esquerda do Douro, tendo-lhe sido atribuído foral no século XII pelo rei D. Sancho I. Para além de algumas quintas onde se produz o precioso vinho do Porto, Folgosa tem também um património atrativo para visitar.

Destaque para a Igreja Paroquial da Senhora da Graça, em estilo barroco e para a sua típica arquitetura duriense. Leve o seu tempo para aproveitar ao máximo a visita e apreciar as paisagens únicas que pode ver a partir de Folgosa.

9. Miradouro de São Salvador do Mundo

Miradouro de São Salvador do Mundo
Miradouro de São Salvador do Mundo

Encostas agrestes a contrastar com os típicos vinhedos do Douro e com alguns olivais e pomares e compor a paisagem. É este cenário deslumbrante que se pode observar a partir do Miradouro de São Salvador do Mundo, um dos mais bonitos do Douro.

Localiza-se em São João da Pesqueira e fica a 493 metros de altitude, de onde se pode observar o rio Douro e alguns dos seus afluentes. Junto ao Miradouro fica o Santuário de São Salvador do Mundo, muito visitado pelos habitantes locais, e um conjunto de capelas construídas no século XVI.

10. Miradouro do Carrascalinho

Miradouro do Carrascalinho
Miradouro do Carrascalinho

Na freguesia de Fornos, em Freixo de Espada à Cinta, o Miradouro do Carrascalinho é um tesouro quase desconhecido pela maioria dos turistas. E não é por acaso: está longe de tudo e disfarçado entre a paisagem.

Os últimos 2 quilómetros de caminho até este miradouro são de terra batida e, por isso, recomenda-se que a última parte da viagem seja feita a pé. Quando chegar, irá deparar-se com uma paisagem única, onde o rio Douro é mais estreita e flanqueado por arribas, e onde vivem diversas espécies de aves.

Diana Santos
Diana Santos
Nascida e criada em Barcelos, foi no Porto que estudou jornalismo mas chama casa à cidade de Guimarães. Alia o gosto pela escrita à sua paixão por viagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Artigos relacionados

10 dos locais mais bonitos do Gerês

O Gerês é um local especial, sem dúvida. E apesar de ser popularmente conhecido por este nome, o...

8 locais perfeitos para uma escapadinha romântica no Norte de Portugal

De vez em quando é necessário apimentar um pouco as coisas ou, simplesmente, ter um tempo de paz,...

Os 10 locais mais paradisíacos do Norte de Portugal

O Norte de Portugal é rico em destinos de natureza, com praias, cascatas, rios e montanhas a moldar...

Os 10 locais mais paradisíacos do Gerês

O Parque Nacional Peneda Gerês é o grande símbolo natural de Portugal. É aqui, no extremo norte do...