Domingo, 5 Fevereiro, 2023

Tarte de pastel de nata: impossível comer apenas uma fatia

Data:

Partilhar:

Não há português que resista a um pastel de nata! Ou será pastel de Belém? Vá… todos sabemos que não são bem a mesma coisa certo? 🙂 E se lhe dissermos que é possível fazer um pastel de nata gigante caseiro? Melhor ainda, não é verdade? Se gosta da ideia, a solução é a tarte de pastel de nata!

Leve e apetitosa, tem o dom de convencer miúdos e graúdos, aconchegar o estômago e a alma e é ideal para acompanhar um chá ou um café com familiares e amigos. E aqui entre nós… sabe ainda melhor quando é preparada na companhia dos mais pequenos lá de casa…

Se ficou convencida, só tem que reunir os ingredientes (que são poucos e simples) e lançar mãos à obra. No final, irá ter um pedacinho do paraíso na mesa da sua cozinha. Aprenda a fazer uma deliciosa tarte de pastel de nata.

Ingredientes:

  • Meio litro de leite
  • 5 ovos
  • 5 colheres de sopa de farinha
  • 5 colheres de sopa de açúcar
  • 1 pau de canela
  • Raspa de limão
  • 1 base de massa folhada

Preparação:

  • Comece por untar uma forma de fundo amovível com manteiga.
  • Cubra com a massa folhada e reserve.
  • Misture as gemas com o açúcar, a farinha, o leite e a raspa de limão.
  • Mexa bem até envolver os ingredientes e criar um creme homogéneo.
  • Verta o preparado num tacho, adicione o pau de canela e leve ao lume até engrossar, mexendo sempre.
  • Retire o pau de canela e transfira para a forma coberta com a massa folhada.
  • Leve ao forno, pré-aquecido a 200ºC, durante 20 ou 25 minutos.
  • Quando notar que está quase pronta, desligue a parte inferior do forno e deixe apenas ligada a parte superior para tostar “tipo pastel de nata”.
  • Retire, deixe arrefecer um pouco e desenforme.
  • Sirva.

Dicas:

  • Também é possível fazer esta receita de tarte de pastel de natal com massa quebrada.
  • Se preferir, pode substituir a raspa de limão por essência de baunilha.
  • Se gosta de um resultado mais cremoso, troque a farinha de trigo por maizena.
  • É possível alterar a quantidade de açúcar, consoante o seu gosto pessoal. Também pode colocar mais um ovo.
  • Se optar por fazer esta receita com mais farinha do que a que é indicada nos ingredientes, adicione um pouco de água para a dissolver mais facilmente.
  • O creme deve ficar sem grumos para obter um resultado perfeito.
  • O resultado é ainda melhor se deixar arrefecer o creme completamente antes de o levar ao forno. Neste caso, deve cobri-lo com película aderente para evitar que se forme condensação e uma camada grossa na superfície.
  • Acompanhe com um chá, sorrisos, amigos e familiares! Bom apetite! 🙂
Clara Matias
Clara Matias
Aprendeu a cozinhar com a mãe mas foram as receitas da sua avó que mais a cativaram. A cozinha tradicional portuguesa é a sua grande paixão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Artigos relacionados

Calamares à Romana: um petisco espanhol que faz crescer água na boca

A gastronomia espanhola nunca deixa de nos surpreender pela facilidade em criar petiscos deliciosos a partir de ingredientes...

Frango de churrasco à Portuguesa: delicioso e muito fácil de fazer

Sempre que chegam os dias quentes do Verão, chega também a vontade de desfrutar de um bom churrasco...

Tarte de abóbora com laranja: impossível comer apenas uma fatia

A tarte de abóbora com laranja sabe a um dia frio e chuvoso de Outono e a um...

Tarte de laranja e leite condensado: uma sobremesa que derrete na boca

A tarte de laranja e leite condensado é uma daquelas sobremesas que não deixa ninguém indiferente. O ligeiro...