Terça-feira, 22 Novembro, 2022

Pastel de Nata: receita tradicional e dicas para ficarem deliciosos

Data:

Partilhar:

O pastel de nata é o mais conhecido dos doces portugueses. Nos últimos anos ganhou fama internacional e hoje em dia é possível encontrá-lo um pouco por todo o mundo, do Brasil à Lituânia, de Tóquio a Moscovo.

É consumido em tantos locais diferentes e tão longínquos que acaba por ser um pouco normal encontrar receitas um pouco distintas. Por isso mesmo, a que lhe trazemos aqui é a receita mais tradicional e autêntica dos verdadeiros pastéis de nata.

Não é muito difícil de preparar e o resultado é incomparável: um doce que agrada sempre a toda a gente e ideal para acompanhar um café num encontro com amigos e familiares. Aprenda a fazer pastéis de nata com esta receita tradicional que sai sempre bem!

Ingredientes:

  • 420 ml de leite
  • 2 a 3 pacotes de massa folhada fresca
  • 7 gemas de ovo
  • 250 g de açúcar
  • 50 g de farinha de trigo
  • 125 ml de água
  • Uma ou duas cascas de limão, conforme o gosto

Preparação:

  • Pré-aqueça o forno a 240ºC.
  • Coloque o rolo de massa folhada sobre o papel vegetal.
  • Corte a massa em 12 partes idênticas (com uma largura entre 1.5 e 2 centímetros).
  • Unte as formas com manteiga e coloque um pedaço de massa em cada uma delas.
  • Espalhe a massa pela forma com a ajuda dos seus dedos, empurrando o excesso de massa para o topo da forma. Reserve.
  • Coloque 250 ml de leite numa panela e leve ao lume.
  • Adicione as cascas de limão e deixe aquecer.
  • Noutro recipiente, misture a farinha com os restantes 170 ml de leite.
  • Assim que o leite que está ao lume começar a ferver, retire-lhe a casca de limão e adicione este último preparado.
  • Mexa sempre até engrossar e obter um creme homogéneo.
  • Noutro tacho, misture a água com o açúcar e leve ao lume.
  • Aqueça e deixe ferver durante 5 minutos.
  • Retire do lume e adicione a calda de açúcar ao creme anterior, mexendo bem.
  • Retire do lume e deixe arrefecer.
  • Quando estiver frio, adicione as gemas e mexa bem até envolver bem todos os ingredientes.
  • Distribua o creme por cada uma das formas, sem as encher até ao topo.
  • Leve ao forno durante 15 a 20 minutos.
  • Retire quando estiverem douradinhos mas sem deixar queimar.
  • Polvilhe com canela e sirva.

Dicas:

  • O ideal é preparar a sua própria massa folhada em casa, mas se não puder, pode comprá-la em qualquer pastelaria ou padaria.
  • Se comprá-la no supermercado, opte pela massa folhada congelada em vez da refrigerada.
  • Para apurar um pouco mais o sabor, pode adicionar um pau de canela ao leite. Deve retirá-lo quando começar a ferver, tal como faz com a casca de limão.
  • As formas para os pastéis são mais baixas e largas do que as formas para queques. Se puder, utilize formas específicas para pastéis de nata.
  • Não deve encher demasiado as formas porque o creme irá crescer ligeiramente dentro do forno.
  • Os pastéis de nata devem ser cozidos, preferencialmente, entre os 270 e os 300ºC. A grande maioria dos fornos caseiros não atinge esta temperatura mas cumprem os mínimos para obter um bom resultado.
  • Se cozer demasiado os pastéis, eles irão abater e mirrar quando os retirar do forno e pode ficar demasiado sólidos. Deixe-os dourar mas não muito.
  • Acompanhe-os com um bom café ou com um chá quentinho.
Clara Matias
Clara Matias
Aprendeu a cozinhar com a mãe mas foram as receitas da sua avó que mais a cativaram. A cozinha tradicional portuguesa é a sua grande paixão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Artigos relacionados

Como e quando plantar tulipas?

São um dos bolbos mais populares em jardins de todo o mundo, sendo muito valorizadas pelas suas cores...

Hortênsias: como e quando plantar? Como cuidar?

As hortênsias são uma planta com origem asiática que chegaram à Europa há séculos, tendo-se adaptado perfeitamente às...

10 dos melhores trilhos e percursos pedestres de Portugal

Portugal tem imensos percursos pedestres de grande qualidade, que atraem os amantes das caminhadas nacionais e até mesmo...

Tarte de maçã com canela e mel: impossível comer apenas uma fatia

Poucas sobremesas são tão consensuais como esta tarte de maçã com canela e mel. É uma sobremesa que...